Death Chaos - Prologue In Death & Chaos
5 Faixas - Independente - 2016

    Formada em Curitiba/PR e com a intenção de realizar um Death Metal Old School influenciado por nomes como Morbid Angel, Carcass e Death, o quarteto Death Chaos composto por Denir Deathdealer nos vocais e baixo, Júlio Bona na guitarra e backing vocals, David Oliver na guitarra e Ueda na bateria, rapidamente preparam seu primeiro registro, que recebeu o título de Prologue In Death & Chaos, cujas letras tratam de violência e destruição.

    Seus processos de gravações, mixagem e masterização foram realizados todos no D.O.D. Studio em Curitiba/PR entre junho a agosto de 2015 e sua capa, que lembra um livro é de muita qualidade, onde aproveito para registrar os meus parabéns é da própria banda.

     Com baquetadas que lembram metralhadoras e com envolventes riffs iniciais fortificados, que trazem um andamento cadenciado, You Die I Smile mostra o carregado Death Metal do Death Chaos, pois, seu andamento é mais voltado ao Thrash e convidativo para se bater a cabeça com muitos vocais urrados ferozmente. Depois, a destruição prossegue ornamentada nos solos de guitarras de David Oliver e Júlio Bona para que os versos de Death Division pinguem ódio pela boca de Denir Deathdealer em outra canção que tece claríssimos flertes com o Thrash Metal, que a deixam muito mais interessante, pois, o Death Chaos soube aplicar contundentes variações em seu decorrer elevando assim a categoria da música, para confirmar, basta apenas reparar detalhadamente em suas linhas instrumentais, ora extremas e dilacerantes e ora mais harmoniosas.

     Na terceira, os paranaenses de Curitiba atacam com solos mais melodiosos e um tanto que sombrios, pedais duplos - que criam o ambiente cativante de House Of Madness, que logo no instante onde ouvimos os vocais urrados de Denir Deathdealer somos expostos à uma insanidade totalmente mais extrema, daquelas que são ótimas para um 'headbanging'. Curta também os trechos falados lotados de solos de guitarras feitos por Júlio Bona e David Oliver em um andamento mais cadenciado até que próximo ao seu final tenhamos o retorno de sua violência berrada com fúria.

    Com dedilhados calmos e um som de vento que não dura muito tempo, afinal, a proposta do quarteto é de 'meter o dedo na ferida' percebemos a eclosão de solos longos e pesados, que nos apresentam a densa Erased Sky, que entra com seu estilo devastador seja nos vocais guturais ou no andamento arrastado com influências de Doom Metal que é característico do quarteto, que surpreende em sua vigorosa sequencia final, que fica mais acelerada e demolidora.

    Para a última, o Death Chaos dispara a veloz You Are Not You, que é um verdadeiro 'soco bem dado na cara', que vai te conquistar pelo estilo urrado e feroz dos vocais de Denir Deathdealer, pelos solos de guitarras eficientes e pela sempre eficiente 'cozinha' de Denir Deathdealer e de Ueda ( baixo e bateria, respectivamente ), que produzem uma imensa vontade de ouvir este Prologue In Death & Chaos novamente.

    Os paranenses do Death Caos nos mostraram um excelente EP de estreia com este Prologue In Death & Chaos, que nos fazem clamar para que o vindouro 'full lenght' não tarde a chegar tanto que se eles mantiverem a consistência destas cinco faixas fatalmente poderão reivindicar seu espaço dentre o disputado cenário extremo brasileiro.
Nota 9,0.

Sites: https://www.facebook.com/deathchaosmetal/ e
https://www.youtube.com/channel/UC2dHnRKIzZpTKaHjClhZEhw.

Por Fernando R. R. Júnior
Novembro/2016

Voltar para Resenhas